Construção civil – Principais pontos legais para regularização da obra

Para o pleno andamento da obra é necessário que ela atenda aos requisitos legais. A regularização é extremamente importante, pois é um processo que permite torná-la legal perante os órgãos públicos. Uma obra executada sem os procedimentos exigidos, pode sofrer multas e até ser embargada.

Para evitar contratempos, é importante reunir toda a documentação sobre a obra antes de construir. Confira lista dos itens necessários para ter o processo da obra em dia.

  1. Matrícula do imóvel
  2. Projeto realizado por um profissional habilitado (CAU) ou (CREA)
  3. Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)
  4. Alvará de construção
  5. Atestado das concessionárias de água e esgoto
  6. Atestado de Conformidade da Instalação Elétrica
  7. Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros
  8. Habite-se
  9. Registro no Cadastro Nacional de Obras (CNO)
  10. Aferição da obra pelo Sistema Eletrônico para Aferição de Obras (Sero)
  11. Certidão Negativa de Débitos de Obra (CND)
  12. Averbação de Construção

A lista contempla as principais disposições para que uma obra atenda as exigências legais. Fique atento aos documentos e processos necessários para ter sua obra regularizada. Assim, você evita transtornos e atrasos na construção.

Até a próxima.

Facebook Instagram

Saiba por que utilizar alvenaria estrutural com blocos cerâmicos

Devido às características da matéria-prima, a alvenaria estrutural executada com blocos cerâmicos possui um ótimo custo-benefício, proporciona maior economia na obra com a redução de insumos. Além disso, também diminui o tempo de execução e evita desperdícios.

Confira os principais benefícios de utilizar alvenaria estrutural com blocos cerâmicos.

– Redução de custos

– Economia do material em até 30% do total em relação ao final da obra

– Agilidade na execução da obra

– Redução do número de insumos e materiais utilizados

– Empreendimento mais sustentável

– Conforto térmico

– Melhor desempenho acústico

– Maior eficiência na relação prisma/bloco

A Cerâmica TupiGuarani trabalha com produtos de alta qualidade para sua obra. Confira nosso catálogo.

Siga também nas redes sociais

Facebook Instagram

Até a próxima.

Dicas: tipos de tijolos para sua obra

No planejamento de uma obra, a definição dos materiais é uma etapa fundamental. Uma dúvida comum está relacionada aos tipos de tijolos e suas recomendações. O uso pode variar pela estética, tipo de estrutura, acabamentos e afins. O tijolo é um material que interfere diretamente na segurança e estilo da construção. O tipo mais comum é o cerâmico, produzido por meio da queima da argila. Existem muitas variações de acordo com as dimensões e furos, porém alguns são mais utilizados, como tijolo de furo, baiano, bloco estrutural e tavelas.

Tijolo de furo

Mais comum, fácil de encontrar nas lojas de materiais de construção, esse modelo serve geralmente para vedação, pois não suporta cargas estruturais. Pode variar entre 6, 8 e 9 furos.

Tijolo baiano

Também conhecido como bloco cerâmico de vedação, apresenta ranhuras que facilitam a aderência da argamassa. Geralmente é utilizado para a construção de muros e paredes, porém sem função estrutural. Também contribui para o isolamento térmico.

Bloco estrutural

Bloco cerâmico com furos na vertical, é geralmente usado na alvenaria estrutural, pois apresenta uma função de sustentação. Paredes construídas com esse material sustentam o peso da laje e cobertura do imóvel. Também é isolante térmico e acústico.

Tavelas

São tijolos cerâmicos específicos para construção de lajes pré-moldadas ou pré-fabricadas. Geralmente as tavelas são usadas para preencher os espaços entre as treliças.

A Cerâmica TupiGuarani trabalha com produtos de alta qualidade para sua obra. Confira nosso catálogo.

Siga também nas redes sociais

Facebook Instagram

Até a próxima.

Como economizar em uma obra? Veja 3 dicas valiosas que toda construtora precisa conhecer

Para economizar na sua obra, é importante seguir algumas recomendações básicas. Confira as dicas que separamos para ajudar no orçamento e evitar prejuízos.

1 – Contrate uma equipe qualificada

Uma equipe qualificada é essencial para otimizar os custos dos insumos de uma obra. Profissionais mais experientes conseguem gerenciar melhor o uso de recursos e evitam desperdícios. Além disso, também podem propor ideias inovadoras para economizar ou reutilizar materiais.

2 – Faça o uso de materiais e equipamentos de qualidade

É essencial optar por materiais e equipamentos certificados. Escolher as opções mais baratas e sem qualidade, pode gerar prejuízos no futuro e atrapalhar o orçamento da obra. Pesquise e escolha itens com garantia de qualidade e custo-benefício.

A Cerâmica TupiGuarani trabalha com produtos com maior durabilidade e baixo impacto ambiental. Conheça nosso catálogo.

3 – Tenha a tecnologia como uma aliada

A tecnologia poder ser uma grande aliada na obra para economizar tempo e recursos. Com o uso de softwares, você pode prever a quantidade de material e evitar compras desnecessárias. Além disso, a tecnologia também ajuda na detecção de erros, o que auxilia na prevenção de falhas e evita prejuízos maiores.

Facebook | Instagram

Até a próxima.